Como testar sua placa de vídeo no Linux com glmark2

A maioria dos testes de benchmark do Linux não faz o uso da placa de vídeo. Desta forma, não é possível testar o seu desempenho com outras versões de módulos.

Depois de algumas pesquisas, encontrei o script glmark2 que faz esse tipo de teste, informando um valor final que é uma “média” dos testes e pode ser comparada com outro teste posteriormente.

Na dica de hoje vou te mostrar como instalar e utilizar o glmark2 e como testar sua placa de vídeo no Linux com glmark2.

Como instalar o glmark2 no Linux?

Primeiro, se você utiliza alguma distribuição baseada em Debian, basta rodar o seguinte comando:

  • $ sudo apt install glmark2 -y

Porém, caso utilize alguma distribuição baseada em Fedora, você pode testar o seguinte:

  • $ sudo yum install glmark2 -y

E, se você utilizar qualquer outra distribuição que não haja nativamente no repositório de pacotes, terá que compilar manualmente o programa.

Link do GitHub do glmark2

  • $ git clone https://github.com/glmark2/glmark2
  • $ cd glmark2
  • $ sudo ./waf configure –with-flavors=drm-gl,drm-glesv2,mir-gl,mir-glesv2,wayland-gl,wayland-glesv2,x11-gl,x11-glesv2
  • $ sudo ./waf
  • $ sudo ./waf install –destdir=/opt

Obs.: Possivelmente ocorrerá algum problema durante a configuração (passo 3). Basta você ler qual é a librarie que está faltando e instalar manualmente.

Como rodar teste de placa de vídeo no Linux?

Primeiramente, para rodar um teste completo, basta executar o comando abaixo:

  • $ glmark2

Em seguida, uma tela de teste irá aparecer e diversas figuras gráficas serão mostradas aleatoriamente.

Por fim, você terá o resultado com um score final:

Como testar sua placa de vídeo no Linux com glmark2
Como testar sua placa de vídeo no Linux com glmark2
Como testar sua placa de vídeo no Linux com glmark2
Como testar sua placa de vídeo no Linux com glmark2

As partes borradas são as informações da minha placa de vídeo e o resultado final do teste. Não vou mostrar agora, pois, o próximo artigo que postarei será justamente a comparação do benchmark entre a utilização do módulo nouveau e do módulo proprietário da NVIDIA.

Vamos ver mais alguns parâmetros:

Se quiser rodar o teste em fullscreen:

  • $ glmark2 –fullscreen

Caso você queira rodar o teste sem parar, até você enviar um sinal:

  • $ glmark2 –run-forever

Para rodar somente um checklist rápido de vídeo:

  • $ glmark2 –validate

E se quiser todos os detalhes do teste, rode no modo debug:

  • $ glmark2 -d

Bom pessoal, este foi o artigo de hoje. Não esqueça que no próximo teremos a comparação entre os módulos open-source e do fabricante. Forte abraço!

 

Se tiver alguma dúvida ou sugestão de conteúdo, por favor, entre em contato aqui ou comente abaixo!