Mateus Müller - 4Fasters

Mateus é o idealizador do projeto 4Fasters.

26 Abr 2018

[BENCHMARK NVIDIA] Driver do fabricante vs Driver open source no Linux

Em todas as distribuições Linux, após a instalação do sistema operacional, o módulo que é utilizado para as placas de vídeo da NVIDIA é o nouveau. Este módulo é a versão open-source, ou seja, a versão padrão desenvolvida e suportada pela comunidade.

Pensando como um módulo para um usuário final, que não terá o uso de processamento de vídeo, pode ser bastante satisfatório. Por outro lado, caso seja um usuário mais avançado, como eu, este módulo pode prejudicar o sistema devido ao uso da GPU (edição de vídeo, gravação dos vídeos, jogos, etc).

Depois de aprender o processo correto para instalar o driver da NVIDIA, notei sim um ganho no desempenho gráfico nas tarefas diárias, mas nunca tive uma noção exata da abrangência desta mudança.

Então neste artigo quero lhe mostrar a real diferença em números entre o Driver do fabricante vs Driver open source no Linux.

Driver do fabricante vs Driver open source no Linux

Veja que o primeiro teste ocorre com o driver open-source:

$ lsmod | grep -i nouveau
[BENCHMARK NVIDIA] Driver do fabricante vs Driver open source no Linux
[BENCHMARK NVIDIA] Driver do fabricante vs Driver open source no Linux
$ glmark2

[BENCHMARK NVIDIA] Driver do fabricante vs Driver open source no Linux

$ lsmod | grep -i nvidia
[BENCHMARK NVIDIA] Driver do fabricante vs Driver open source no Linux
[BENCHMARK NVIDIA] Driver do fabricante vs Driver open source no Linux
$ glmark2

[BENCHMARK NVIDIA] Driver do fabricante vs Driver open source no Linux
[BENCHMARK NVIDIA] Driver do fabricante vs Driver open source no Linux
Será que deu alguma diferença, hein? 🙂

Então, se seu jogo não está rodando corretamente, ou a renderização do seu vídeo está meio lenta, isso muito provavelmente se deve ao uso do driver open-source.

Espero que tenham gostado desta dica meus amigos. Um forte abraço!

Se tiver alguma dúvida ou sugestão de conteúdo, por favor, comente!

comments powered by Disqus