Meu primeiro script em Python!

Como já falei em diversos artigos anteriores, estou dedicando boa parte do meu tempo livre para estudos de programação e pentesting, e confesso que está sendo muito produtivo. A quantidade de materiais de alta qualidade é imensa.

Hoje, vou falar um pouquinho mais sobre o meu primeiro script em Python.

Bom, acredito que o principal problema de iniciantes em alguma linguagem de programação, é não conhecer as diversas bibliotecas/módulos que você pode importar e dar diferentes funções ao seu programa. E, por conta disso, a criatividade se torna um ponto fraco. Pois, você não tem ideias sobre o que desenvolver e que poderia auxiliar outras pessoas.

Vamos explorar mais alguns pontos!

Por que Python?

  • Linguagem open-source;
  • Nativo do Linux;
  • A aplicação do Python pode ser feita em praticamente qualquer lugar, desde scripts até aplicações mobile;
  • Milhares de módulos que podemos instalar facilmente com o pip;
  • Sintaxe muito simples, você aprende muito mais fácil do que a maioria das linguagens;
  • Muito utilizada para programação voltada a pentesting;
  • Extremamente requisita por empresas de grande porte;

Bom, estes são só alguns pontos que me fizeram optar por Python. A parte interessante é que, no momento que você começa a contribuir para projetos open-source no GitHub, você começa a estudar linguagens diferentes e só tende a crescer.

Ferramenta utilizada

Bom, para o desenvolvimento deste script, comecei os trabalhos utilizando o Atom, por ser open-source e desenvolvido pela equipe do GitHub.

Depois de um tempo, migrei totalmente para o Microsoft Visual Studio Code, ou, VSCode. Uma ferramenta muito completa.

O script

O script pode ser visto aqui no meu GitHub.

Bom, a ideia do meu script surgiu depois de ver este vídeo do Gabriel Pato, onde ele acessa a máquina da sua noiva utilizando um exploit do Kali Linux, e, posteriormente, tem acesso a Webcam dela.

Então, eu pensei… Tem alguma forma de saber quem está utilizando a minha Webcam? Na hora, lembrei do comando fuser do próprio Linux, que mostra os processos que estão utilizando um determinado arquivo. Testei no dispositivo da Webcam dentro do diretório /dev e funcionou também.

Logo, já tinha um início de como fazer funcionar. Basicamente ele irá ficar em um looping infinito executando o fuser e qualquer processo diferente que aparecer na saída do comando, será mostrado em um pop-up na tela. Eu digo diferente porque todos os PIDs que foram mostrados são armazenados em uma lista que é verificada a cada processo novo que aparece.

Ainda tenho planos de implementar alguma função de log. As ideias vão surgindo aos poucos. Posso dizer que foi uma experiência muito bacana, já consegui aprender bastante coisa com as pesquisas que eu fiz.

Meu primeiro script em Python!
Meu primeiro script em Python!

Ferramentas de apoio

  • Codecademy – Fiz algumas aulas de Python do Codecademy, principalmente sobre o que eu tinha dúvida como herança, iniciação de objetos, etc. Recomendo ver isso antes de começar a desenvolver qualquer coisa. É FREE!
  • Documentação Python – Aprender a usar a documentação do Python é fundamental. Este link que coloquei é da biblioteca que usei para executar os comandos no Linux, muito bom!
  • GitHub – Ler os códigos de outras pessoas te ajuda a melhorar a lógica e entender novas linguagens!
  • Fóruns – Li diversos fóruns de pessoas enfrentando o mesmo problema. Sempre tem ótimas sugestões.

Contribua

Por favor, se você é desenvolvedor, peço que analise o código e me envie algum feedback. Gostaria de melhorar minha lógica, bem como a estruturação do código, entender as melhores práticas e sempre escrever o menos possível.

Espero que tenha gostado, um abraço!

 

Se tiver alguma dúvida ou sugestão de conteúdo, por favor, entre em contato aqui ou comente abaixo!