Mateus Müller - 4Fasters

Mateus é o idealizador do projeto 4Fasters.

12 Jul 2018

Análise do CONSUMO DE DISCO com GRÁFICOS no terminal LINUX

No artigo de hoje iremos explorar uma ferramenta muito interessante com a qual você pode realizar uma Análise do CONSUMO DE DISCO com GRÁFICOS no terminal LINUX.

É interessante ressaltar também que esta ferramenta foi toda construída na linguagem de programação Rust, ou seja, teremos de instalar o seu gerenciador de pacotes como dependência:

Análise do CONSUMO DE DISCO com GRÁFICOS no terminal LINUX
Análise do CONSUMO DE DISCO com GRÁFICOS no terminal LINUX

Como instalar o dutree no Linux?

Primeiro, vamos começar instalando o cargo, o gerenciador de pacotes da linguagem _Rust:

Para Ubuntu e derivados:

$ sudo apt install cargo -y

Para Fedora e derivados:

$ sudo yum install cargo -y

Para Manjaro e derivados:

$ sudo pacman -S rust

Para outros:

Siga as instruções no site da Rust.

Em seguida, vamos continuar com a instalação do dutree.

_Obs.: Cada instalação é feita separadamente por usuário, ou seja, se você instalar com o root, somente ele poderá utilizar. Por isso, recomendo que instale com o seu usuário normal.

$ cargo install dutree
Análise do CONSUMO DE DISCO com GRÁFICOS no terminal LINUX
Análise do CONSUMO DE DISCO com GRÁFICOS no terminal LINUX

Finalizada a instalação, você verá uma mensagem informando onde o utilitário foi instalado. No meu caso, foi em /home/mateus/.cargo/bin. Isso quer dizer que devemos exportar este diretório na variável ambiente PATH para podermos utilizar.

Exportar somente para esta sessão:

$ export PATH=$PATH:/home/mateus/.cargo/bin

Exportar permanentemente no BASH:

$ echo “export PATH=$PATH:/home/mateus/.cargo/bin” >> ~/.bashrc

Exportar permanentemente no ZSH:

$ echo “export PATH=$PATH:/home/mateus/.cargo/bin” >> ~/.zshrc

_Obs.: Se você preferiu fazer de forma permanente, feche seu terminal e abra novamente para atualizar.

Dando continuidade, vamos aprender a utilizá-lo agora!

Como utilizar o dutree no Linux?

Primeiramente, se você executar sem nenhum parâmetro, ele fará uma busca recursiva, colocando os arquivos e diretórios de maior tamanho no topo:

$ dutree

Porém, com a opção -d é possível definir a profundidade de diretórios (depth) a ser utilizada. Por exemplo, o número 1 será somente onde está localizado no momento, e não nos seus respectivos diretórios:

$ dutree -d 1
Análise do CONSUMO DE DISCO com GRÁFICOS no terminal LINUX
Análise do CONSUMO DE DISCO com GRÁFICOS no terminal LINUX

Ainda, temos a opção -s que faz um “resumão” de tudo, mostrando os resultados mais importantes. Eu diria que é uma das opções mais úteis.

$ dutree -s
Análise do CONSUMO DE DISCO com GRÁFICOS no terminal LINUX
Análise do CONSUMO DE DISCO com GRÁFICOS no terminal LINUX

Por fim, para listar somente arquivos e não diretórios, podemos usar a opção -f:

$ dutree -f

Se preferir, você ainda pode verificar mais opções com -h.

Personalização do dutree

A personalização de cores do dutree é baseada na variável ambiente _LSCOLORS:

Análise do CONSUMO DE DISCO com GRÁFICOS no terminal LINUX
Análise do CONSUMO DE DISCO com GRÁFICOS no terminal LINUX

Uma ideia bacana é utilizar esse pacote de cores.

Para instalar no BASH:

$ wget https://raw.github.com/trapd00r/LS_COLORS/master/LS_COLORS -O $HOME/.dircolors

$ echo ‘eval $(dircolors -b $HOME/.dircolors)’ >> $HOME/.bashrc

Para instalar no ZSH:

$ wget https://raw.github.com/trapd00r/LS_COLORS/master/LS_COLORS -O $HOME/.dircolors
$ echo 'eval $(dircolors -b $HOME/.dircolors)' >> $HOME/.zshrc

Por fim, é só rodar o comando e ver a diferença nas cores:

Análise do CONSUMO DE DISCO com GRÁFICOS no terminal LINUX
Análise do CONSUMO DE DISCO com GRÁFICOS no terminal LINUX

Espero que tenham gostado deste artigo, um abraço!

Se tiver alguma dúvida ou sugestão de conteúdo, por favor, comente!

comments powered by Disqus