Min: Navegador para minimalistas e que não gostam de excesso!

Em primeiro lugar, como a maioria dos leitores assíduos aqui do blog já devem saber, eu gosto sempre de deixar a minha área de trabalho, programas, o sistema em geral, sempre o mais limpo possível. Ao longo de uma rápida leitura no blog da Linux Foundation, encontrei o Min: Navegador para minimalistas e que não gostam de excesso.

Achei a ideia deste browser muito interessante, tendo somente o mínimo possível para alguém “sobreviver” ao seu uso. Além disso, o Min é um navegador totalmente open-source, feito em JavaScript, CSS e Electron. Eu sei que, muitas pessoas irão falar que por ser feito em Electron ele já tem o desempenho ruim, ou não tem fluidez. Acho interessante testar primeiro.

Assim, o Min trás algumas coisas que julgo interessante citar neste post:

  • Contém o mínimo de distrações possíveis, deixando o espaço para o que realmente importa;
  • O site de buscas padrão é o DuckDuckGo, com foco em privacidade;
  • Gerenciamento de abas inteligente, ao qual é possível separar em grupos de abas;
  • Ad-block nativo;

Inclusive, é interessante citar, que falamos de um navegador com foco em privacidade no artigo abaixo:

Como instalar o navegador Min no Linux?

O Min, por ser um projeto relativamente novo, não tem suporte à uma grande gama de distribuições Linux. Entretanto, há suporte nativo para .deb.

Primeiro, acesse este link para acessar a página onde conta todos as possibilidades de download.

Para Debian e derivados:

Download x64

Download x32

Posteriormente, você pode instalar pela interface gráfica, dando dois cliques em cima.

Ou, você pode utilizar o gdebi:

  • $ sudo gdebi –n min_1.8.0_amd64.deb

Ou, pelo repositório oficial:

  • $ sudo apt install min

E prontinho, ele já vai baixar todas as dependências necessárias.

Para Arch e derivados:

  • $ sudo pacman -S min

Para outros:

Todavia, recomendo que você valide se sua distribuição possui no repositório oficial. Caso contrário, instale utilizando a versão source code.

Como utilizar o navegador Min no Linux?

Esta é a cara inicial do Min:

Min: Navegador para minimalistas e que não gostam de excesso!
Min: Navegador para minimalistas e que não gostam de excesso!

Ainda mais, lembrando que você pode pressionar a tecla ALT para tirar aquele menu da parte superior.

Depois, você pode tomar qualquer ação de outro browser, como criar abas privadas, ver vídeos no YouTube (o Adobe Flash Player já veio funcionando por padrão).

Entretanto, eu gostaria de apontar funções diferentes, como é o caso o gerenciamento de abas, que pode ser encontrado no menu no canto superior direito:

Min: Navegador para minimalistas e que não gostam de excesso!
Min: Navegador para minimalistas e que não gostam de excesso!

Então, é possível criar diferentes tarefas e agrupar as abas dentro destas tarefas. Para quem faz muita coisa em paralelo, é uma mão na roda!

Min: Navegador para minimalistas e que não gostam de excesso!
Min: Navegador para minimalistas e que não gostam de excesso!

Ademais, uma função bem “engraçada” deste navegador é o modo foco. Com ele, você bloqueia a criação de novas abas, evitando distrações. Vamos combinar que é útil, mas engraçado. Isso pode ser feito no menu Visualizar -> Concentração.

Desta forma, o legal é que não há muitas coisas para falar, pois a ideia é justamente essa. Diminuir o excesso de funções.

Enfim, para saber mais sobre os atalhos e se tornar mais produtivo, veja esta wiki.

Espero que tenha gostado desta dica!

 

Não esqueça de nos seguir no Instagram para receber os últimos conteúdos!

Participe dos nossos grupos no Telegram e Facebook! 🙂

 

Veja também:

Se tiver alguma dúvida ou sugestão de conteúdo, por favor, entre em contato aqui ou comente abaixo!