fbpx

Mudanças na LPIC-1 e LPI Linux Essentials

A LPI anunciou oficialmente, no dia 29 de Outubro de 2018, as mudanças na LPIC-1 e LPI Linux Essentials. E aí, será que mudou pra melhor ou para pior? Fica comigo nesse post que eu vou esclarecer tudo.

Foi anunciado oficialmente por meio de um post no Blog da LPI as mudanças em ambas as provas, que não foram drásticas, mas totalmente necessárias no meu ponto de vista e de diversos consultores do mercado.

Foram realizadas provas na versão beta em 19 países ao redor do globo, onde foram colhidos feedbacks positivos e negativos quanto aos conteúdos abordados. Além disso, a Linux Professional Institute afirmou que diversos consultores Linux também ajudaram na criação e padronização deste teste.

Mudanças na LPIC-1

As novas mudanças na LPIC-1 foram expressamente necessárias, visto a velocidade de evolução do Linux. Anteriormente, tanto a LPI quanto a CompTIA, demoravam em torno de 4 a 5 anos para atualizar uma prova, mas finalmente entenderam que não é mais possível demorar tanto, visto que o Linux é um sistema muito dinâmico e que muda rapidamente.

De acordo com a LPI, as mudanças ocorreram principalmente pela forma de configurar e instalar o Linux. A mesma, ratifica que o systemd foi o principal causador da mudança.

OBS: Sabemos que o Slackware é o único sistema que ainda utiliza o SysV.

Além disso, o diretor da LPI, Fabian Thorns, informa que o método de gerenciamento de redes também foi causador da mudanças. Também, descreve que foi adicionado os tópicos de Linux em Cloud e Máquinas Virtuais.

Não deixe de verificar meu treinamento para LPIC-1 e CompTIA Linux+.

Mudanças na LPI Linux Essentials

O diretor da LPI também informa algumas pequenas mudanças nos conteúdos da prova LPI Linux Essentials, onde foi adicionado os conhecimentos sobre o Raspberry Pi e como ele auxilia no aprendizado sobre Linux. Além disso, foram adicionados conhecimentos em Tecnologia da Informação no geral (não focado em Linux).

Na minha opinião, não são mudanças tão significativas para mudar em tão pouco tempo de prova. Diferente da prova LPIC-1 que é extremamente necessária a cobertura do systemd. De qualquer forma, foi uma mudança muito bacana, porque o Raspberry Pi realmente auxilia no aprendizado de Linux.

Tópicos LPIC-1

Tópicos LPI Linux Essentials

As versões antigas vão estar disponíveis até Julho de 2019.

Não esqueça de verificar o meu curso de simulados preparatórios para LPI Linux Essentials.

Espero que tenha gostado desta dica!

 

Não esqueça de nos seguir no Instagram para receber os últimos conteúdos!

Participe dos nossos grupos no Telegram e Facebook! 🙂

 

Veja também este vídeo sobre o ZFS:

Se tiver alguma dúvida ou sugestão de conteúdo, por favor, entre em contato aqui ou comente abaixo!